Arquivo da tag: Creme

Formula Creme para o cabelo com Lanette WB

Como fazer Creme para cabelos

Lanette WB é uma dispersão coloidal de álcool-cetoestearílico e alquil sulfato de sódio, é um agente de consistência auto emulsionável de caráter aniônico utilizado na fabricação de cremes e pomadas.
Por ser de fácil emulsionamento, permite ao formulador a criação de uma vasta variedade de conceitos de formulas cosméticas e farmacêuticas.  Lanette WB promove alta consistência aos produtos cosméticos e farmacêuticos, além de brilho intenso.

A dosagem varia conforme a consistência e o teor dos compostos graxos a serem emulsionados, em geral usa-se entre 5 a 12% do produto químico, conforme se queira uma loção cremosa ou um creme bastante consistente.

Linda moça de cabelos compridos

Com Lanette WB  pode-se obter cremes do tipo O/A, cuja consistência pode ser ajustada de acordo com a conveniência do formulador. Com o produto pode-se fabricar emulsões cosméticas O/A para pele e cabelos, além de preparações farmacêuticas.

Cremes a base do produto podem ser aditivados com ésteres emolientes, bem como derivados de lanolina segundo a sua destinação. As emulsões podem ser preparadas misturando-se os componentes oleosos ao Lanette WB e fundindo a mistura até a temperatura entre 70 a 75°C. Paralelamente, os produtos químicos hidrossolúveis devem ser adicionados a quantidade necessária de água, aquecendo-se a fração (fase) aquosa também até a mesma temperatura entre 70 a 75°C. em seguida, adiciona-se a água (fase aquosa) sobre os componentes oleosos. Agita-se constantemente e inicia-se o processo de resfriamento do creme ou loção cremosa.

Durante a redução da temperatura, ocorre a emulsificação, que pode ser notada por um aumento de viscosidade e a emulsão adquire um aspecto homogêneo e brilhante. Caso ocorra a formação de grumos, a emulsão pode ser reaquecida a 70-75°C e inicia-se novamente o resfriamento. Grumos podem ocorrer devido a:

  • Diferenças de temperatura entre a fase oleosa e a fase aquosa.
  • Água adicionada em temperatura menor que 70°C.
  • Tempo de fusão do Lanette WB insuficiente, de forma que ainda permanecem partículas no estado sólido.
  • Agitação não uniforme, não permitindo bom contato das fases aquosa e oleosa, ainda a quente.

Soluções alcoólicas e óleos essenciais são mais favoravelmente adicionados depois que a temperatura do creme estiver abaixo de 30°C.  O produto Lanette WB deve ser conservado em suas embalagens originais, em ambiente seco, ventilado e fresco.

Este agente de consistência autoemulsionante aniônico também é utilizado na fabricação de água oxigenada cremosa para a descoloração de pelos corporais e cremes desodorantes antitranspirantes para as axilas.

Fórmula grátis de creme para cabelos:

  • Lanette WB  – 1000 g
  • Eumulgin B2 – 100 g
  • Óleo mineral – 1000 g
  • Vaselina sólida – 800 g
  • Metilparabeno – 15 g
  • Propilparabeno – 5 g
  • Propilenoglicol – 200 g
  • Água deionizada – 6880 g

Como fazer a formula do Creme para o cabelos:

Fase 1) Em um recipiente adicione os produtos químicos Lanette WB, Eumulgin B2, Óleo mineral, Vaselina sólida, Metilparabeno, Propilparabeno e aqueça até 80°C.

Fase 2) Em outro recipiente aqueça a Água deionizada e o Propilenoglicol até a temperatura de 80°C.
Em seguida adicione a Fase 2 sobre a Fase 1, lentamente e sob agitação constante (sem parar).

Manter agitação sem parar até a temperatura do creme para cabelos abaixar para menos de 30°C.
Aspecto físico: Creme consistente
pH do produto final: 5,2

Fórmula Condicionador de cabelos com Eumulgin B2

Como fazer Condicionador de cabelos

Denominação química: Álcool ceto-estearilico etoxilado (20 moles OE)
Aplicação: Eumulgin B2  é um emulsionante universal utilizado na fabricação de cremes, loções cremosas e pomadas.

Dosagem: Recomenda-se utilizar entre 1 a 3% em emulsões para cuidados cutâneos. Em formulas de cremes condicionadores de cabelos, teores de 0,5% a 0,7% asseguram estabilidade e homogeneidade ao creme ou loção cremosa.

Propriedades: Eumulgin B2 pertence ao grupo de emulsionantes não-iônicos. Esta aprovado na Farmacopeia Britânica como Cetomacrogol 1000. É especialmente apropriado para fórmulas de cremes cosméticos e emulsões fluidas (loções). O seu caráter não-iônico permite a incorporação de componentes catiônicos (antissépticos e condicionadores), que não podem ser veiculados em emulsões de caráter aniônico.

Linda jovem de cabelos compridos

Eumulgin B2 é usado normalmente em associação com doadores de consistencia, como Lanette S, Lanette 16/18, Cutina MD (monoestearato de glicerina), Cutina CP (palmitato de cetila).
A proporção ideal entre Eumulgin B2 e os doadores de consistência é de 1:4. Em formulas de emulsões fluidas (leites e loções), a proporção pode ser aumentada. Uma vantagem de Eumulgin B2 é a sua estabilidade frente a variações de pH, isto é, o produto mantém sua estrutura em pHs alcalinos e ácidos.

Eumulgin B2 funciona também como solubilizante para óleos essenciais, particularmente perfumes (fragrâncias), portanto, problemas de turvação de shampoos provocados por incompatibilidade de uma determinada essência podem ser resolvidos com o uso de Eumulgin B2.
Ao contrario de álcoois e glicóis, Eumulgin B2 não influencia negativamente a espuma e a viscosidade do produto.

  • Eumulgin B2 deve ser fundido a 70 – 75°C, na presença dos doadores de consistência Lanette, Cutina, dos ésteres emolientes Cetiol e do álcool Eutanol G.
  • Paralelamente, aquecer a água junto com os componentes hidrossolúveis, também a 70 – 75°C.
  • Adicionar, nesta temperatura, a fase aquosa sobre a fase oleosa, mantendo-se a agitação por 10 minutos, depois iniciar então o resfriamento.
  • A aproximadamente 30°C, são incorporados os perfumes (fragrâncias), extratos glicólicos e vitaminas.

Eumulgin B2 é utilizado em uma proporção de 20% do peso de substancias graxas na fórmula, quando a sua finalidade é emulsionar cremes, loções ou pomadas. Para solubilizar perfumes (essências), aquecer ligeiramente Eumulgin B2 aproximadamente entre 41 a 42°C, adicionar o perfume e proceder a homogeneização. Depois a mistura deve ser adicionada ao produto durante o seu preparo.

Fórmula de creme condicionador de cabelos com Eumulgin B2:

  • Lanette S – 400 g
  • Dehyquart A – 400 g
  • Polyquart H – 80 g
  • Eumulgin B2 – 50 g
  • Óleo mineral – 50 g
  • Ácido cítrico – 20 g
  • Essência – 30 g
  • Água deionizada  – 8970 g

Como fazer a formula do creme condicionador de cabelos:

Aquecer os produtos químicos Lanette S, Dehyquart A, Polyquart H, Eumulgin B2, Óleo mineral e a Água deionizada até a temperatura de 80°C.

Manter a temperatura em 80°C e a agitação por 10 minutos.
Parar o aquecimento e manter a agitação constante até a temperatura abaixar para 30°C.

Checar o pH que deve ficar entre 5,7 a 5,8, se necessário efetuar a correção do pH com solução do Ácido cítrico em Água deionizada.
Adicionar a Essência e colorir com solução de Corante, manter agitação até homogeneização do condicionador de cabelos. Depois embalar nos frascos plásticos.

Produtos químicos (matérias-primas) presentes na formulação do condicionador.
Lanette S: Álcool ceto-estearílico, doador de consistência para cremes e loções cosméticas tipo O/A e A/O, tais como loções, cremes, pomadas, unguentos e linimentos.

Dehyquart A: Cloreto de cetil trimetil amônio a 25% de substancia ativa, é um tensoativo catiônico com propriedades antiestáticas e bactericidas, emulsionante para creme rinse e condicionadores capilares, Propiciam melhor penteabilidade (facilidade de pentear) dos cabelos secos e molhados, promovem condicionamento e maciez aos fios de cabelos.

Polyquart H: Pseudo-catiônico compatível com tensoativos aniônicos, agente antiestático e amaciante dos cabelos para fórmulas de shampoos. É um agente condicionador