Arquivo da categoria: Fórmulas grátis de cosméticos

O segmento cosmético cresceu muito no Brasil, esse segmento industrial pode gerar uma boa renda com a venda de produtos cosméticos, de higiene pessoal e perfumaria fina. Verifique aqui varias fórmulas cosméticas de cremes, loções, géis, shampoos e condicionadores de cabelos. Cosméticos geram bons ganhos em dinheiro.

Como fazer Água oxigenada cremosa 30 volumes

Fórmula para fazer água oxigenada em emulsão a 30 volumes.

Muitas mulheres descolorem os pelos do corpo, ficar com os pelos claros e dourados utilizando água oxigenada é um procedimento simples e barato. No entanto, a água oxigenada pode causar alergias, por isso faça um teste antes de utilizar, aplicando um pouco do produto perto do pulso e observe se haverá coceira ou vermelhidão, se isso ocorrer não utilize a Água oxigenada cremosa.

Para que serve a Água oxigenada cremosa? Deixa os pelos claros e douradinhos sem a necessidade de gastar muito para obter esse resultado nos pelos do corpo. O clareamento dos pelos com Água oxigenada cremosa é mais indicado para os pelos das pernas, braços, bumbum, barriga e nas costas. Evite utilizar em partes sensíveis, como nos pelos do rosto e nas regiões intimas.

Emulsão cremosa para despigmentação de pelos e cabelos do corpo.

Loção cremosa e branca com Peróxido de Hidrogênio utilizada para descolorir pelos do corpo. Produto de uso cosmético, não pode ser utilizado como medicamento.

Fórmula para fazer água oxigenada cremosa 30 volumes:

Salcare SC 60 50 gramas
Salcare SC 95 1300 gramas
Peróxido de Hidrogênio 50% 15 quilos
Butilenoglicol 2 quilos
Metilparabeno 150 gramas
Propilparabeno 100 gramas
Eumulgin HRE 40 300 gramas
Eutanol G 1 quilo
Solução de Fenacetina 4% 1950 gramas
Ácido Lático 85% 70 gramas
Água deionizada 78,080 gramas

Modo de preparar a água oxigenada cremosa 30 volumes:

Em um tanque com agitação adicione a Água deionizada, sob agitação moderada adicione o Salcare SC 60, manter a agitação até completa solubilização do Salcare SC 60.

Aumente a velocidade de agitação e adicione o Salcare SC 95, manter a agitação por 20 minutos até homogeneização.

Sob agitação moderada adicione o Peróxido de Hidrogênio 50%.

Adicione em um recipiente o Butilenoglicol, Metilparabeno, Propilparabeno e aquecer até a dissolução dos pós. em seguida adicione ao produto sob agitação constante.

Sob agitação constante adicione o Eumulgin HRE 40, Eutanol G e Solução de Fenacetina 4%. Manter a agitação constante até que fique uma emulsão homogênea.

pH da água oxigenada cremosa: 2,7

Emulsão de baixa viscosidade de coloração branca

Manter o produto em lugar arejado e fora do alcance dos raios solares.

Formula para fazer água termal

Como fazer água termal, o ativo Caviar HS nutre a pele e é uma fonte de proteínas e aminoácidos. Caviar HS é umectante e hidratante da pele.

A Alantoina possui ação antiirritante auxiliando o sistema de defesa da pele no processo de proliferação de novas células e estimulando a epitelização. Tem ação estimulante da proliferação celular e ativadora da cicatrização de feridas. É hidrolisada na pele formando ureia, que tem ação hidratante e queratolítica.

Lactokine Fluid é um bioativo composto por um grupo de citoquinas obtidas do leite, capaz de modular os mecanismos de defesa da pele. Estimula a síntese de colágeno, da matriz extra-celular e
a atividade celular.

Softigen 767 é um emoliente para pele e cabelos em formulas de produtos de uso cosmético.

A formula de água termal abaixo é indicada para todos os tipos de pele, possui ação remineralizante, hidratante, protetora e anti-inflamatória na pele.

Formula para fazer a água termal:

Caviar HS 500 g
Alantoina 20 g
Glicerina bidestilada 300 g
EDTA Dissódico 10 g
Água deionizada 8830 g
Softigen 767 100 g
Lactokine Fluid 200 g

Método de fabricação da água termal:

Em um recipiente adicione o Caviar HS, Alantoina, Glicerina bidestilada, EDTA Dissódico, Água deionizada e misturar, depois aquecer até 40°C e homogeneizar.

Adicionar o Softigen 767 em outro recipiente e depois ir adicionando aos poucos a mistura aquecida anteriormente, sob agitação constante até ficar uma micro emulsão transparente.

Em seguida adicionar o Lactokine Fluid e misturar até homogeneização da água termal.

Verificar o pH, se necessário corrigir o pH da água termal para que fique na faixa entre 5,0 a 5,5.

Como fazer álcool gel

Fórmula grátis para fazer álcool gel para mãos.

É um produto muito recomendado para a sanitização das mãos, principalmente para evitar a contaminação pela gripe suína. O álcool puro não tem a mesma eficácia se comparado ao álcool etílico a 70%.

O álcool gel e a água com sabão são as melhores alternativas para reduzir as chances de se contaminar com a gripe suína pelas mãos. O álcool gel pode ser muito útil, pois mata os vírus que porventura venham a ficar nas mãos ao tocar objetos, corrimões, barras para se segurar em ônibus ou no metro, maçanetas de portas, dinheiro, etc. No entanto, a maneira mais eficaz de se prevenir do H1N1 é a vacina.

Além do vírus da gripe suína (vírus H1N1), desinfeta as mãos de muitos outros microrganismos nocivos a saúde. Aplique o produto nas mãos e espalhe, depois friccione em toda a superfície das mãos, dedos e entre os dedos por uns 20 segundos e deixe secar naturalmente.

Para que serve o álcool gel? Na pele das mãos pode haver bactérias, fungos e vírus (o vírus da gripe H1N1, por exemplo). A higienização das mãos com o produto é uma das medidas mais simples que o individuo pode tomar para se proteger.

A sanitização das mãos com álcool gel 70% é importante devido a sua ação germicida. Ao entrar em contato com a pele das mãos o álcool gel elimina 99,9% dos vírus e bactérias.
A ação do álcool gel antisséptico acaba quando seca nas mãos, caso a pessoa se exponha a novos riscos de se contaminar, o álcool gel deve ser utilizado novamente.

Utilize o Álcool etílico 96° GL de uso farmacêutico, não utilize álcool combustível para fazer o álcool em gel.

Fórmula para fazer o álcool gel para mãos:

Álcool etílico 96° GL 7.573 gramas
Carbopol 940 50 g
Trietanolamina qs até pH 7,0 a 7,5
Água deionizada 2.285 gramas

Modo de fabricar o álcool gel para mãos:

Adicione o Álcool etílico 96° GL em um balde de plástico limpo, depois adicione a Água deionizada e misture com uma pá de plástico.

Dispersar aos poucos o Carbopol sob agitação rápida para evitar a formação de muitos grumos.

Manter a agitação até que não haja grumos do carbopol, se preferir você pode deixar em repouso até a umectação do carbopol e depois dar sequência na preparação do produto. Nesse caso tampe bem vedando com um saco plástico limpo para evitar a evaporação do álcool.

Quando não houver mais grumos, ir adicionando a Trietanolamina aos poucos e sob agitação para a formação do gel.

A Trietanolamina deve ser adicionada até o pH chegar na faixa de 7,0 a 7,5. Vai checando o pH a cada adição da Trietanolamina.

Depois misture bem para o álcool gel ficar bem homogêneo.

O álcool gel não precisa ficar muito espesso para não prejudicar que ele saia facilmente do frasco e seja fácil de aplicar nas mãos.

Se não encontrar a Trietanolamina, utilize o Agente Neutralizante disponível na Casa do saboeiro.

Fórmula Shampoo para cabelos normais

Como fazer Shampoo para cabelos normais.

Shampoo para cabelos normais possui uma quantidade de tensoativos (agentes de limpeza) intermediaria entre o shampoo para cabelos oleosos e cabelos secos. Para cabelos oleosos a quantidade é maior para que seja retirada a oleosidade excessiva dos cabelos. Para cabelos secos a quantidade é menor, visando não deixar os cabelos secos demais, dificultando o pentear e a maleabilidade dos fios de cabelos.

Sendo assim, esta fórmula de shampoo é para quem tem cabelos nem muito oleosos e nem muito secos. Para quem tem cabelos oleosos deve utilizar um shampoo para cabelos oleosos, e quem tem cabelos secos deve utilizar shampoo para cabelos secos, que contém menos agentes de limpeza e ativos que devolvem a hidratação e emoliencia necessários aos cabelos secos.

A fabricação de shampoos é um processo fácil de fazer, desde que o formulador utilize os componentes corretamente e tome providencias para que não haja contaminação por microrganismos. Embora todo shampoo contenha um ativo preservante, devemos tomar cuidado para que não haja contaminação bacteriológica. Isso é chamado nas industrias de “Boas Praticas de Fabricação (BPF)” e consiste em ações que evitem a contaminação, como o uso de luvas, toucas, jalecos, equipamentos e utensílios limpos e sanitizados, instalações adequadas,  etc.

Além da fórmula de shampoo para cabelos oleosos, você também pode verificar fórmula para cabelos oleosos e cabelos secos aqui neste site.

A verificação do pH de shampoos, assim como os demais produtos disponíveis aqui no site Fórmulas Grátis pode ser feito com as fitas de medir o pH, que são baratas para a aquisição. Também pode ser checado o pH com um aparelho chamado pHmetro, este aparelho é utilizado em industrias cosméticas e laboratórios e possui um valor relativamente alto.

A fabricação de cosméticos, como shampoos por exemplo, é uma atividade prazerosa. São produtos com aspecto bonito e de odor agradável, sua aparência e textura é agradável, o shampoo pode ser transparente ou perolado, shampoo perolado fica com brilho perola, característica produzida pelo agente perolizante (base perolada) adicionado ao shampoo.

O Diestearato de Polietilenoglicol 6000 que faz parte da fórmula para shampoo para cabelos possui baixa irritabilidade dérmica e possui ação de espessamento.

Esta fórmula de shampoo para cabelos normais é produzida com aquecimento.

Para que serve o Lauril éter sulfato de sódio? é um espumante para shampoos e sabonetes que promove detergência e ótima formação de espuma para a limpeza dos fios de cabelos. Também é utilizado em produtos de limpeza, em detergentes e sabões líquidos.

Para que serve a Amida 90? age como espessante e estabilizante da espuma, deixa a espuma do shampoo para cabelos mais rica, demorando mais tempo para se desfazer.

Para que serve o Poliquaternium 7? é um agente condicionador, antiestático e desembaraçante para os cabelos, ele condiciona os fios capilares, desembaraça e amacia os cabelos.

Fórmula para fazer o Shampoo para cabelos normais:

Lauril éter sulfato de sódio 3 kg
Diestearato de Polietilenoglicol 6000 50 g
Amida 90 100 g
Koralone LA (conservante) 10 g
Água deionizada 6760 g
Ácido cítrico qs
Essência para shampoo 30 g
Poliquaternium 7 50 g
Cloreto de sódio qs
Corante qs

Técnica de fabricação do Shampoo para cabelos normais:

Em um recipiente adicione o Lauril éter sulfato de sódio, Diestearato de Polietilenoglicol 6000, Amida 90 e aqueça até 70°C.

Em outro recipiente adicione a Água deionizada e aqueça até 80°C. depois adicionar a Água deionizada aquecida na mistura anterior, sob agitação.

Agitar bem até homogeneização.

Deixar o shampoo em repouso até esfriar.

Verificar o pH do shampoo com a fita de medir o pH, deve ficar entre 6 a 7.

Se for necessário, corrigir o pH com um pouco de Ácido cítrico diluído em Água deionizada, adicionando aos poucos e sob agitação até o pH do shampoo ficar na faixa indicada (entre 6,0 a 7,0).

Sob agitação adicionar o Koralone LA, Essência para shampoo, Corante diluído em Água deionizada e misturar para homogeneização do shampoo.

Diluir o Poliquaternium 7 em 100 gramas de Água deionizada e adicionar sob agitação no shampoo, misturar bem para homogeneização.

Diluir um pouco de Cloreto de sódio em Água deionizada e ir adicionando aos poucos para fazer o acerto da viscosidade do shampoo.

Misturar até homogeneização do shampoo para cabelos secos.

Deixar em repouso até que não haja bolhas de espuma formadas durante o processo de fabricação.

Depois embalar o Shampoo para cabelos normais nos frascos para shampoo.