Arquivo da categoria: Curiosidades

O que é gripe suína?

Gripe suína também é chamada de influenza A ou H1N1

A gripe suína, que também é chamada de influenza A ou H1N1, é uma infecção aguda provocada pelo vírus da influenza. Ataca o sistema respiratório em crianças, adultos e idosos. É causada por vírus que afeta seres humanos e suínos. O seu modo de transmissão é de individuo para individuo, ocorrendo de forma semelhante a gripe comum.

A gripe suína é mais perigosa do que a gripe comum, causa complicações de saúde, como falta de ar e pneumonia, se o individuo não receber um diagnostico adequado e a doença não for tratada de forma adequada pode levar a morte.

A transmissão se dá por entrar em contato com objetos contaminados, talheres, copos, saliva e secreções contaminadas pelo vírus. O contato com maçanetas de portas, corrimões e outras superfícies também podem ser meios de transmissão. Embora seja transmitida por porcos, no consumo de carne de porco não ocorre a transmissão, porem as carnes devem ser bem cozidas para que o calor durante o cozimento elimine os vírus.

Gripe suína, como prevenir.

Como fazer Álcool gel a 70% para assepsia das mãos

Como todo tipo de gripe, a transmissão acontece geralmente por gotículas de saliva contaminadas em suspensão no ar. As gotículas de saliva e outras secreções contaminadas podem também cair em superfícies de bancadas, maçanetas, corrimões, apoios de ônibus e outras superfícies e objetos, dai a importância de lavar as mãos com água e sabão ou higieniza-las com o álcool gel a 70%.

Como prevenir a gripe suína?

  • Manter a sua vacinação em dia, tomando vacinas contra a gripe.
  • Ter normas de higiene, como lavar as mãos sempre que for ao banheiro e usar álcool gel a 70% para higienizar as mãos.
  • Lavar as mãos ao tossir ou espirrar
  • Utilizar lenços descartáveis
  • Manter os ambientes sempre ventilados
  • Não compartilhe coisas de uso próprio, como garrafas, copos, talheres, etc.
  • Evitar levar as mãos nos olhos, boca e nariz.
  • Não entrar em contato com indivíduos que apresentam sintomas de gripe.
  • Higienizar objetos e superfícies, como bancadas, maçanetas, corrimões, telefones, brinquedos, etc.
  • Alimentar-se bem com uma dieta rica em verduras e frutas.
  • Tomar bastante água durante o dia.
  • Se for possível, utilize mascara para se proteger de goticulas de saliva e secreções contaminadas que possam estar no ar.
  • Evite ambientes fechados e com grande quantidade de pessoas.
  • Lave sempre as mãos ao chegar em casa, ao sair ou ir trabalhar leve consigo álcool gel para higienizar as mãos caso não seja possível lava-las.
  • Evitar viagens para os locais onde haja ocorrência da doença.

A gripe suína transmitida pelo H1N1 tem cura?

Geralmente a evolução da doença é boa. O medico deve diagnosticar a doença com rapidez e quando o individuo infectado segue a medicação, ele fica curado.

Porem, em alguns casos, dependendo da gravidade, a doença pode levar o individuo a morte. Seus sintomas são mais agressivos do que a comum. Por esse motivo, é muito importante que a doença seja diagnosticada e tratada ainda no início dos sintomas.

É de suma importância que o paciente consulte um medico caso os sintomas sejam muito fortes nos primeiros dois dias, e também se sentir falta de ar. Se os sintomas da gripe persistir por mais de uma semana, também deve ir ao medico.

Quais os sintomas da gripe suína?

Os sintomas são muito parecidos com a comum, podendo ser mais graves:

  • Febre alta
  • Tosse seca
  • Irritação nos olhos
  • Dor de cabeça
  • Dores musculares
  • Falta de ar
  • Espirros
  • Dor na garganta
  • Fraqueza
  • Coriza (rinite aguda de origem infecciosa ou alérgica- Nariz escorrendo)
  • Congestão nasal
  • Náuseas
  • Vômitos
  • Diarreia

A falta de ar é um sintoma muito freqüente na gripe suína. A vacinação é a forma mais eficiente de proteção, sendo realizada todos os anos.

Em caso de suspeita, a pessoa deve procurar assistência medica imediatamente.

Os vírus se disseminam de individuo para individuo, principalmente pela tosse e espirros provenientes de pessoas contaminadas. Mas as pessoas podem se contaminar também ao tocar objetos e superfícies contaminadas pelos vírus, e depois ao levar as mãos na boca e nariz.

A gripe suína foi de inicio constatado no México, no final de março de 2009, desde esse período, a doença atingiu vários países, inclusive o Brasil já teve vários casos relatados.

Solitária é um verme de vários metros de comprimento

A solitária é um parasita que se desenvolve no intestino

Com o nome de tênia, é um parasita que se desenvolve no intestino humano, este parasita pode se desenvolver e chegar a vários metros de comprimento, podendo viver até 25 anos. Possui um corpo achatado e cabeça com quatro ventosas que se prende na parede do intestino. A Taenia saginata é maior, podendo atingir até 25 metros, no entanto, a média é de 5 metros. A Taenia solium geralmente tem uma media de comprimento de 2 a 7 metros. 

Existe duas espécies de solitária que podem habitar o intestino humano, a taenia saginata, transmitida pelos bovinos (vaca, boi), e a taenia solium, transmitida pelos suínos (porco). Embora não seja perigosa, a solitária pode causar déficits nutricionais ao ser humano, pois se alimenta dos nutrientes oriundos de nossa alimentação.

Solitária é um verme que pode chegar a vários metros de comprimento.

Como é transmitida a Solitária (tênia)?

O verme solitária é transmitido quando a pessoa ingere carne de porco ou de vaca que estejam contaminadas por larvas. Também pode ser transmitida pela carne de peixes de água doce contaminados. Quando a pessoa se alimenta de carnes mal cozidas, depois o verme se fixa na parede intestinal. Depois de fixada, o verme se alimenta dos nutrientes que a pessoa consome durante a alimentação. Esse parasita pode atingir a idade adulta em 3 meses, e se reproduz através de anéis que são expelidos do intestino nas fezes.

Quais os sintomas de uma pessoa contaminada com a tênia?

Geralmente uma pessoa que tem o verme no seu intestino não apresenta sintomas, o que faz com que o verme permaneça por anos no intestino sem a pessoa perceber que foi infetada por essa verminose. Ao passar despercebido, esse parasita pode atingir um tamanho incrível e assustador, chegando a ter vários metros de comprimento.

Durante a sua vida, a solitária solta então os anéis que são expelidos nas fezes, apresentam cor branca e se mexem. Os anéis da solitária também podem ser encontrados em roupas intimas de pessoas infectadas (calcinha, cueca) e em roupas de cama, como lençóis. O individuo infectado pode sentir sintomas, como baixa ou aumento do apetite, perda de peso anormal, coceira (prurido) no ânus, dores abdominais, náuseas (estomago embrulhado) e fadiga.

Como tratar a solitária?

Embora essa verminose seja considerada benigna, isto é, sem trazer consequências graves, a sua presença no intestino humano pode acarretar deficiências nutricionais, tendo em vista que a tênia se apropria de parte dos nutrientes provenientes dos alimentos que o individuo se alimenta. Após detectada a presença do verme mediante exames, o medico então prescreve remédios antiparasitários (vermífugo) a fim de matar a solitária. Com o uso do vermífugo, o parasita será expulso do intestino pelas fezes, o medico poderá prescrever a medicação novamente alguns dias depois para que haja certeza da eliminação da solitária. 

Os medicamentos para eliminar a solitária geralmente são o Mebendazol, Praziquantel, Albendazol, Niclosamida, Nitazoxanida. Há também remédios caseiros que podem ser utilizados para a expulsão do verme.

Como é um parasita extremamente competitivo, costuma existir somente um exemplar no intestino da pessoa infectada, dai o nome popular de “Solitária”. No entanto, há relatos de indivíduos que tinham mais de um verme hospedados no sistema digestivo. Este parasita intestinal pode atingir vários metros de comprimento, o que pode assustar o individuo contaminado pela verminose, caso ele chegue a observar o verme durante a evacuação.

Como prevenir a solitária (tênia)?

Ter hábitos de higiene são muito importantes na prevenção, lavar as mãos depois de usar o banheiro e antes do preparo dos alimentos, assim como ter o habito de lavar as mãos antes das refeições. Não ingerir carnes cruas ou mal cozidas é muito importante na prevenção da tênia.

Como se sabe, a taenia saginata é transmitida pela carne de bovinos (vaca, boi), e a taenia solium é transmitida pela carne de suínos (porcos). Como é difícil saber se as carnes estão ou não contaminadas, embora a criação dos animais tenha hoje técnicas avançadas de criação, sempre é bom não arriscar e comer carnes sempre bem passadas e bem cozidas para que caso haja larvas, estas sejam destruídas pelo cozimento adequado.