Arquivo da categoria: Como fazer produtos de limpeza

A fabricação de produtos de limpeza é um segmento da industria que pode gerar bons ganhos em dinheiro. O mercado de saneantes domissanitários pode render bons ganhos na fabricação de detergentes, sabões, limpadores, água sanitária, amaciantes de roupas e desinfetantes.

Formula Limpador abrasivo de superfícies

Como fazer Limpador abrasivo de superfícies

Como fazer Limpador abrasivo liquido
Fórmula de limpador abrasivo liquido que é capaz de remover resíduos difíceis sem causar arranhões na superfície. Para que a superfície onde o produto é aplicado não seja arranhada, a abrasão é realizada com um grau de grão fino de carbonato de cálcio. A formulação utiliza a Amida 60, como um detergente e emulsificante eficaz, ela possui ação de detergência e é estabilizadora de espuma. Em combinação com o Carbopol 676, a Amida 60 ajuda a manter as partículas do abrasivo suspensas na emulsão.

O Carbonato de cálcio na formula é um pó abrasivo que apresenta pequenas partículas que potencializam a limpeza de superfícies. É um abrasivo que age por atrito, retirando a sujeira, sendo eficiente na limpeza de superfícies.

Geralmente, as formulas de produtos de limpeza para o cuidado do lar possuem fragrância em sua composição, é utilizada para mascarar o cheiro desagradável de alguns agentes químicos presentes na formulação. A fragrância quando utilizada em produtos de limpeza vai realçar a percepção de limpeza e promover cheiro agradável no ambiente. Um produto com cheiro agradável agrada ao cliente, o odor exalado pela sua essência pode se tornar um dos requisitos principais para que o consumidor opte pela compra daquele produto. 

Portanto, uma boa essência que perfume o ambiente na aplicação do produto é essencial, visto que o domissanitário perfuma o ambiente, além de promover a higienização a que se destina.

Carbopol 676 na formula é um carbômero, um polímero hidrossolúvel utilizado para estabilizar e promover viscosidade em preparações cosméticas e em produtos de limpeza. É um agente gelificante (forma géis).

Por conter hidróxido de sódio (soda liquida) em sua formula, o manipulador deve tomar cuidado ao manipular esse componente químico, por ser um produto perigoso e corrosivo. Utilize luvas de borracha para proteger as mãos.
A formula abaixo age com limpeza abrasiva em superfícies, parecido com o saponáceo cremoso.

Fórmula do Limpador abrasivo de superfícies:

  • Água – 6750 g
  • Carbopol 676 – 30 g
  • Soda caustica liquida a 50% – qs até pH 11,0
  • Amida 60 – 200 g
  • Carbonato de cálcio – 3000 g
  • Essência – qs
  • Corante – qs

Como fazer o Limpador abrasivo de superfícies:
Adicione a Água em um recipiente, sob agitação rápida disperse o Carbopol 676 na Água.
Mantenha a agitação até que o Carbopol esteja totalmente disperso, ou seja, não apresente grumos.

Depois vai adicionando a Soda caustica liquida a 50% aos poucos e sob agitação, verificando sempre o pH após cada adição. A Soda deve ser adicionada até o pH chegar na faixa de 11,0.

Em seguida adicione a Amida 60 misturando até homogeneização.
Depois ir incorporando o Carbonato de cálcio aos poucos, misturando até homogeneização.

Por fim, perfumar com a Essência (fragrância para produto de limpeza) e solução de corante diluído em água até a cor desejada. Se preferir pode deixar sem Corante.

Misturar bem até completa homogeneização.
Aspecto: Fluido liquido espesso e opaco.
Fórmula de produto de uso domissanitário para a limpeza de superfícies.

Formula de detergente lava louças

Como fabricar detergente para lavar louças

Formula de detergente liquido lava louças
Embora seja uma formula de lava louças indicado para a limpeza de pratos, talheres, panelas e muitos outros utensílios de cozinha, sabemos que o detergente liquido é utilizado em muitas outras aplicações de limpeza domestica. É uma formula de produto de uso domissanitário muito utilizado para a higienização no lar, capaz de remover sujeiras de óleos, gorduras e outras sujidades.

A formulação de detergente lava louças descrita abaixo possui grande capacidade de remoção de sujeiras, pois possui uma boa porcentagem de Ácido sulfônico, que na formulação de detergente descrita encontra-se em 12%. Este componente químico presente na formula é o mais utilizado em todo o mundo na fabricação de produtos de limpeza, quer seja em limpadores, detergentes, sabões líquidos, lava roupas liquido, sabões em pó e demais produtos saneantes domissanitários.
Ácido sulfônico na formula do lava louças é um tensoativo aniônico que possui alto poder de detergência, além de possuir características emulsionantes, dispersantes e umectantes. Por ser muito utilizado na indústria química, principalmente em saneantes domissanitários, saneantes hospitalares e limpadores institucionais é uma matéria-prima muito fácil de encontrar em revendedores de produtos químicos espalhados pelo Brasil, sendo possível também a sua compra em lojas virtuais na Internet.

A Trietanolamina presente na formulação permite a obtenção de detergentes líquidos para lavagem manual de louças com menor ponto de turvação e maior estabilidade. A sua presença evita a formação de precipitado branco no fundo do frasco, principalmente em dias frios. É um matéria-prima utilizada também como corretor de pH e alcalinizante em géis fixadores de cabelos, géis redutores de medidas, géis crioterápicos para redução de medidas corporais.

Trietanolamina é utilizada também como alcalinizante em shampoos para carros, ceras polidoras, detergentes líquidos para roupas, limpadores multiuso e demais produtos de limpeza.

Mistura de isotiazolinonas presente na formula do lava louças é um conservante utilizado para preservar o lava louças e outros produtos de limpeza, hoje está sendo muito utilizado em produtos de limpeza e saneantes em substituição (para substituir) o Formol liquido. Como sabem, o formol foi proibido como conservante em produtos de limpeza, assim como para outras aplicações nas formulações. Mistura de isotiazolinonas possui amplo espectro, evitando a contaminação microbiológica nos saneantes domissanitários, nas formulações onde esse ativo pode ser empregado como conservante. Existe varias marcas comerciais, portanto verifique com o seu fornecedor de produtos químicos se ele dispõe desse componente em sua lista de produtos.

Esta é uma formulação de detergente lava louças que fornece alta formação de espuma e detergência eficaz. Também pode ser usado onde quer que seja necessária uma limpeza rápida. A Amida 60 fornece espessamento ao lava louças, reforço de espuma e ação de detergência adicional, além de ser sobreengordurante e estabilizadora de espuma, promovendo no detergente liquido uma espuma rica e que demora para se desfazer.

Como todo produto de uso domissanitário, este produto e os componentes químicos utilizados na sua formula devem ser guardados em local seguro, fora do alcance de crianças. Por conter produtos químicos corrosivos, utilize luvas e demais equipamentos de proteção, evitando assim queimaduras na pele das mãos quando for preparar este produto de limpeza.

Fórmula para fazer o Detergente liquido lava louças:

Água 8045 g
Soda caustica liquida a 50% 275 g
Ácido sulfônico 1200 g
Trietanolamina 100 g
Amida 60 250 g
Mistura de isotiazolinonas 20 g
Cloreto de sódio 100 g
Essência 10 g
Corante qs

Modo de fazer 10 kg de Detergente liquido lava louças:
Adicionar a Água em um recipiente de plástico ou aço inoxidável, agitando com o auxilio de uma pá de plástico ou de aço inoxidável adicione metade da Soda caustica liquida a 50% e depois o Ácido sulfônico, mantendo a agitação até completa homogeneização.

Em seguida adicione a Trietanolamina e a Amida 60, misturando até homogeneizar.
Verifique o pH com a fita de medir o pH, se necessário faça a correção adicionando aos poucos o restante da Soda caustica até o pH ficar em torno de 7,0 a 7,5.

Somente depois você vai adicionar a Mistura de isotiazolinonas, a Essência e o Corane diluído em Água até ficar na cor desejada.
Por fim, acerte a viscosidade com o Cloreto de sódio diluído em Água, sempre incorporando aos poucos e sob agitação.

Nota: A quantidade de Soda caustica liquida a 50% (Hidróxido de sódio) descrita na formula é um valor aproximado, pode ser que necessite mais ou não venha a precisar de adicionar toda a quantidade descrita na formulação. O mesmo vale para o Cloreto de sódio , que deve ser adicionado somente até o produto ficar um pouco viscoso. Lembrando que a adição de muito sal pode ralear o produto.

A agitação deve ser moderada, nem muito rápida e nem muito devagar, mas o necessário para uma boa homogeneização e sem formar muitas bolhas de espuma no produto.
Depois aguarde a espuma abaixar e envase o detergente liquido lava louças em frascos plásticos de 500 ml ou galões plásticos de 2 ou 5 litros.

Sabões em barras – Fórmulas para fazer

Fórmulas para fazer sabões sólidos – Produto de limpeza na forma sólida

Caso deseje iniciar uma produção de sabões em barras (saboaria), segue abaixo três formulações para fazer sabões sólidos. Embora a categoria de sabão em barra venha perdendo espaço no mercado brasileiro devido ao surgimento e uso do produtos de limpeza líquidos e em pó, esse produto de limpeza ainda é muito utilizado por uma grande parcela de donas de casa.

Mesmo sofrendo retração em vendas, produtos de limpeza em barras é um costume tradicional, sempre presente nos ensinamentos de limpeza passados de mães para as filhas.

O seu consumo pelos brasileiros em 2015 foi varias vezes maior do que o em forma liquida, perdendo apenas para o detergente em pó.

Este é um produto de limpeza (saneante domissanitário) reconhecido por ser eficaz e pelo seu rendimento no uso. É um produto versátil (multiuso) para uso em varias tarefas e locais de aplicação, sendo ainda muito utilizado pelos brasileiros.

Ele rende, fica firme pela sua consistência sólida, não resseca a pele das mãos, é utilizado para dar brilho em panelas, desengordura louças, produz bastante espuma e possui preço acessível. Na falta do detergente liquido, pode ser utilizado para lavar utensílios de cozinha, copos e pratos, limpar banheiros, limpar o piso, etc.

É um produto de limpeza domissanitário utilizado para retirar sujidades mais pesadas, é mais barato em comparação com produtos líquidos e em pó, promove bastante espuma e dura mais.

Fórmula para 10 quilos de sabão sólido em barra:

Sebo 5.230 gramas
Hidróxido de sódio (a 50%) 1.480 gramas
Água deionizada 2.220 gramas
EDTA tetrassódico (a 40%) 50 gramas
Carbonato de sódio 500 gramas
Silicato de sódio alcalino (a 54%) 200 gramas
Sulfato de sódio 300 gramas
Mistura de isotiazolinonas 20 gramas
Corante Quantidade suficiente
Essência Quantidade suficiente

Como fazer o sabão sólido em barra:
Em recipiente adequado aqueça o sebo até a temperatura de 80ºC, em agitação constante adicione o hidróxido de sódio, aos poucos e com cuidado.

Em seguida mantendo a agitação adicione a água deionizada e o EDTA, a massa começa a ficar bem consistente. Sob agitação constante adicione o carbonato de sódio, o silicato de sódio e o sulfato de sódio.

Diminua o aquecimento para que a massa esfrie até 55ºC. Antes que a massa endureça completamente adicione sob agitação a Mistura de isotiazolinonas e o corante, agite bem para uma boa homogeneização do sabão em barra.

A essência quando a quantidade de sabão é pequena deve ser adicionada sob agitação quando a massa atingir uma temperatura em torno de 40º, para que não perca a sua qualidade. Para grandes quantidades feitas em escala industrial, a essência deve ser adicionada na extrusora de sabão.

Aspecto do produto: Sólido consistente e opaco.

Formulação que utiliza o óleo de coco, muitas donas de casa utilizam esse tipo de sabão em barra.

Fórmula para 10 quilos de  sabão de coco em barra:

Óleo de coco 5300 gramas
Hidroxido  de sódio (a 30%) 3110 gramas
EDTA Tetrasódico (a 40%) 50 gramas
Carbonato de sódio 100 gramas
Sulfato de sódio 450 gramas
Butil Hidroxi Tolueno (BHT) 20 gramas
Mistura de isotiazolinonas 20 gramas
Água deionizada 950 gramas

Como fazer o sabão sólido de coco em barras:
Em um recipiente adicione o Óleo de coco e aqueça até 35°C, sob agitação constante adicione o Hidróxido  de sódio (a 30%) vagarosamente (aos poucos).

Adicione sob agitação a Água deionizada e o EDTA Tetrasódico (a 40%), mantenha a agitação. Adicione sob agitação o Carbonato de sódio, Sulfato de sódio, Butil Hidroxi Tolueno (BHT) e Mistura de isotiazolinonas, mantenha a agitação.

Despeje a massa em uma forma e deixe até completa saponificação. No final o sabão de coco fica com o aspecto sólido consistente de cor branca.

Sabões Glicerinados. Formulação que utiliza sebo e óleo de coco em sua composição. Fórmula de sabão que possui uma maior formação de espuma, menos rachaduras no produto e transparência. Possui Ácido sulfônico que melhora a formação de espuma e aumenta o poder de limpeza. Pode se dizer que é um sabão de primeira  linha. Fórmula para fazer 100 quilos de sabão glicerinado:

Produtos químicos Quantidade
Sebo 50,3 quilos
Óleo de coco 12,7 quilos
Hidróxido de sódio (soda liquida 50%) 19 quilos
Água deionizada 12,7 quilos
EDTA tetrasódico e EHDP tetrasodico 500 gramas
Carbonato de sódio 1,5 quilos
Silicato de sódio alcalino a 54% 500 gramas
Sulfato de sódio 400 gramas
Ácido linear dodecilbenzeno sulfônico (Ácido sulfônico a 96%) 1,2 quilos
Açúcar 1 quilo
Mistura de isotiazolinonas 200 gramas
Corante q.s
Essência q.s

Como fazer o sabão glicerinado:
Em um recipiente adequado adicione o Sebo, Óleo de coco e aqueça até 80°C. Sob agitação constante adicione aos poucos o Hidróxido de sódio (soda liquida 50%).

Sob agitação adicione aos poucos a Água deionizada e o EDTA tetrasódico e EHDP tetrasodico. A massa começa a ficar consistente.

Sob agitação adicione o Carbonato de sódio, Silicato de sódio alcalino a 54%, Sulfato de sódio, agitando sempre para homogeneizar. Sob agitação constante adicione o Ácido linear dodecilbenzeno sulfônico (Ácido sulfônico a 96%).

Diminua o aquecimento para 60°C. Adicione sob agitação o Açúcar. Diminua o aquecimento para menos de 55°C, antes que a massa do sabão endureça completamente adicione a Mistura de isotiazolinonas e o Corante.

No sabão produzido industrialmente, a Essência deve ser adicionada na extrusora de sabão. No caso de teste piloto em laboratório ou em pequena quantidade.  Adicione a Essência quando a massa de sabão estiver com cerca de 40°C.

Especificações do sabão glicerinado transparente: Sólido consistente e transparente quando feito industrialmente com extrusora regulada corretamente. O produto de limpeza fica opaco quando feito sem o auxilio de extrusora.

Teor de glicerina: 7,2% Para que não ocorra nenhum imprevisto na formulação do sabão deve ser feito o índice de saponificação do sebo e do óleo de coco, assim como a analise para verificar a concentração do Hidróxido de sódio (soda liquida 50%).

Índice de saponificação do sebo: 198

Índice de saponificação do óleo de coco: 247

A concentração do Hidróxido de sódio (soda liquida) deve ficar em 50%. Este produto de limpeza só fica transparente com extrusora regulada corretamente. Sempre produza uma pequena quantidade para verificar a qualidade do produto antes de produzir grandes quantidades.

Fórmula fazer alvejante clorado – cloro em gel

Como fazer alvejante clorado – cloro em gel

Produto utilizado para o alvejamento de roupas, age como alvejante e por possuir hipoclorito de sódio em sua composição atua também como desinfetante, germicida e bactericida. Além de seu uso como alvejante de roupas, pode ser utilizado na limpeza e desinfecção de superfícies onde se deseja uma higienização com ação desinfetante, germicida e bactericida.

O hipoclorito de sódio presente no produto de limpeza mata os germes e bactérias, agindo como um desinfetante para as superfícies, pisos, revestimentos, banheiros, vasos sanitários, toaletes e outros locais onde se deseja uma desinfecção.

Por ser na forma de gel este produto de limpeza facilita o seu uso, quando for utilizar na desinfecção é necessário remover os detritos e fluidos orgânicos presentes nas superfícies e depois aplicar o produto.

O hipoclorito de sódio pode corroer metais devido a sua ação corrosiva, portanto, evite o contato com peças metálicas. Ele também pode manchar e desbotar roupas coloridas, evite o contato deste produto de limpeza com as roupas coloridas.

O cloro é um alvejante muito utilizado no clareamento de roupas (água sanitária). A fabricação de saneantes domissanitários é um segmento industrial que pode gerar bons ganhos em dinheiro, produtos de limpeza são muito utilizados pelos brasileiros e sua fabricação e venda é uma boa fonte de renda par ao empreendedor.

Este alvejante pode ser fabricado para uso próprio na higienização da casa ou para vender. A fórmula abaixo serve para a fabricação artesanal em pequenas quantidades, já para a produção industrial, a formulação abaixo pode ser também utilizada fazendo os cálculos dos produtos químicos na composição segundo a quantidade que se deseja produzir.

Vale lembrar que para a venda em comércios como supermercados, hipermercados, atacadistas, mercearias é necessário ter empresa devidamente regulamentada segundo as exigências da Anvisa para o setor de saneantes domissanitários.

Se o produto saneante domissanitário não tiver registro ou notificação junto a Anvisa e não for produzido segundo as exigências em local apropriado, o saneante é irregular e não pode ser vendido no comercio.

Fórmula para fazer 10 kg de alvejante clorado – cloro em gel:

Água potável 7150 g
Hidróxido de sódio a 50% (soda liquida) 50 g
Ammonyx MO (Amina Óxida Mirística) 500 g
Hipoclorito de sódio 1700 g
Lauril éter sulfato de sódio 600 g

Modo de fazer o alvejante clorado – cloro em gel:

Em um balde plastico adicione a Água potável, Hidróxido de sódio a 50% (soda liquida) e misture.

Sob agitação lenta adicione o Ammonyx MO (Amina Óxida Mirística) e misture até homogeneizar.Depois adicione o Hipoclorito de sódio e misture.

Por ultimo, incorporar o Lauril éter sulfato de sódio e misturar até homogeneização do produto de limpeza.

Como fazer aromatizador de ambientes – varetas ou spray

Fórmula fazer aromatizador de ambientes para spray ou varetas

Quem não gosta de ter a sua casa perfumada com uma fragrância deliciosa e marcante. As visitas também compartilham esse momento em um ambiente perfumado.

Os vidros de aromatizadores de ambientes podem ser utilizados como objetos decorativos, perfumam e auxiliam na harmonia e no bem estar das pessoas que frequentam a sua residência, escritório, loja ou empresa. Perfumam os quartos, salas, cozinhas e outros ambientes da sua residência.

A escolha de uma fragrância marcante pode personalizar o seu aromatizante, os aromas das fragrâncias podem estimular sensações agradáveis. Por estar ligados com a aromaterapia, o uso de fragrâncias pode promover sensações, como tranqüilidade, concentração, etc.

Os aromatizadores de varetas são indicados para promover ação prolongada, como a sua difusão é realizada por varetas é mais indicado a sua utilização em ambientes pequenos.

Para ambientes maiores, os aromatizadores em forma de spray são mais indicados, pois perfumam com mais rapidez o ambiente. Então, se você deseja que os ambientes fiquem perfumados rapidamente, os sprays são mais indicados.

Na cozinha procure aromas cítricos ou de ervas e especiarias que podem abrir o apetite. Nos quartos use essências que trazem paz e bem estar, que ajudem no sono e auxiliam a relaxar.

Se a intenção for a de namorar, use essências afrodisíacas, como Ylang Ylang, Lavanda, Laranja, Baunilha, Gengibre, Canela, Jasmim, Patchouli, Musk, Sândalo, etc. Nos banheiros use fragrâncias que passam a sensação de limpeza e frescor, como alecrim, limão e bergamota.

Na sala utilize as que ajudam a harmonizar o ambiente, como essências de capim limão, erva cidreira, etc. Para as gavetas de armários e guarda roupas, o melhor é em forma de sache perfumado, pois o seu poder de difusão é mais ameno.

No caso de aromatizadores que contenham álcool em sua composição, sempre mantenha o vidro em lugar não acessível às crianças, pois são inflamáveis e podem causar acidentes.

Fórmula para fazer 1 litro de aromatizador de ambientes – varetas ou spray

Álcool neutro 810 ml
Essência (fragrância) 100 ml
Propilenoglicol 30 ml
Corante qs
Água deionizada 50 ml

Modo de fazer a formula do aromatizador de ambientes – varetas ou spray:

Despeje todo o Álcool neutro em um frasco.

Depois acrescente a Essência, Propilenoglicol e misture.

Acrescente depois a Água deionizada e homogeneíze. Se quiser colorir, adicione gotas de Corante de sua preferencia até a tonalidade desejada.

Misture bem e depois envase o aromatizador de ambientes para varetas ou spray.

As embalagens podem ser frascos de vidros com válvulas spray ou vidros para utilizar com as varetas.

Todo o material você pode adquirir em lojas de essências, inclusive as varetas.Não utilize álcool comum (possui odor forte), se não encontrar o Neutro, use o Álcool de cereais.

Fórmula Liquido para lavar louças suave

Como fazer Detergente liquido lava louças de efeito suave

Este é um produto de limpeza para lavar pratos, talheres, copos, etc. É formulado com agentes de limpeza que deixa o produto com características suaves. Por ser suave, é utilizado em substituição ao detergente liquido fabricado com ácido sulfônico.

Embora o ácido sulfônico seja o tensoativo mais utilizado em detergentes líquidos, ele possui uma ação de detergência mais acentuada e agressiva com a pele das mãos.

O  Lauril éter sulfato de sódio é um espumante de amplo uso em formulas de shampoos capilares, possui ação detergente e alto poder de formação de espuma.

Lauril éter Sulfosuccinato de Sódio (Alkonix SS) possui excelente poder de emulsificação e detergência e alta compatibilidade com a pele e os olhos.

O Cocoamidopropil betaína age como formador de espuma e detergência, é muito utilizado em shampoos e produtos infantis devido a sua suavidade.

A Mistura de isotiazolinonas é um conservante que evita a proliferação de micro-organismos no produto, possui vários nomes comerciais, como Arc Iso S, Polybac, Capicide, etc.

Você pode verificar um conservante a base de Mistura de isotiazolinonas com o seu fornecedor de produtos químicos.

Esta é uma formula de detergente liquido com características suaves para quem considera o detergente formulado com ácido sulfônico muito agressivo para a pele das mãos.

Fórmula para fazer 10 kg de detergente liquido para lavar louças suave:

Lauril éter sulfato de sódio 3600 g
Lauril éter Sulfosuccinato de Sódio 600 g
Cocoamidopropil betaína 910 g
Água potável 4800 g
Corante qs
Essência 10 g
Cloreto de sódio 60 g
Mistura de isotiazolinonas 20 g

Modo de fabricar o Liquido para lavar louças suave:
Adicionar em um balde plástico a Água potável.

Sob agitação lenta adicionar o Lauril éter sulfato de sódio, Lauril Éter Sulfosuccinato de Sódio, Cocoamidopropil betaína e homogeneizar.

Colorir com solução de Corante.Adicionar a Essência e a Mistura de isotiazolinonas e homogeneizar.

Solubilizar o Cloreto de sódio em um pouco de água e ir adicionando para o acerto de viscosidade (engrossar) do Detergente liquido lava louças de efeito suave.

Formula limpador de piso e superfícies

Formulação grátis para a limpeza de pisos e superfícies

Este limpador de superfície dura pode ser usado para limpar uma variedade de superfícies, incluindo pisos. A formula deste limpador pode ser usada em máquinas manuais ou automáticas. A formulação produz espuma de quebra moderada, que não deve interferir na operação da máquina.

Xileno sulfonato de sódio é um tensoativo aniônico utilizado na fabricação de  formulas de detergentes líquidos, limpadores para limpeza pesada, produtos para a remoção de cera, detergentes lava louças. Age como solubilizador e acoplador, e como redutor do ponto de névoa.

Ninol 11-CM é um tensoativo não iônico que promove alto poder de detergência e formação de espuma moderada. Os produtos químicos Ninol e Stepanate presentes na composição da formula do limpador de pisos e superfícies são fabricados pela Stepan.

Fórmula para fazer 10 kg de limpador de piso e superfícies duras:

Pirofosfato de tetrapotássio (TKPP) 2000 g
Ninol 11-CM 800 g
Xileno sulfonato de sódio (Stepanate SXS) 200 g
Água deionizada 7000 g

Modo de fabricar o limpador de piso e superfícies duras:

Adicione a Água deionizada em um recipiente.Sob agitação adicionar o Pirofosfato de tetrapotássio (TKPP) e homogeneizar até solubilização.

Adicionar o Ninol 11-CM  e misturar até homogeneização.

Adicionar o Xileno sulfonato de sódio e agitar até homogeneização completa.

pH final deve ficar em 10,5.

Diluir de 28 a 113 gramas do produto para 3800 ml de água.

Formula decapante de cera com fosfato

Como fazer removedor de cera

A formulação decapante de cera pode ser usada manualmente ou com máquinas de lavagem automática. É uma formulação de baixa formação de espuma com excelente capacidade de enxaguamento e boa captação. Formula de produto de limpeza utilizado para remover ceras em pisos e superfícies.

Cedephos FA-600 presente na formula do decapante de cera é a forma ácida de uma mistura complexa de ésteres mono- e di-fosfato à base de um hidrófobo alifático.

Este surfactante aniônico oferece a combinação de excepcional solubilidade alcalina com excelente capacidade de acoplamento para formulações não iônicas em líquidos. Ele é usado em sistemas de detergentes industriais alcalinos para serviço pesado, processamento úmido têxtil, deresinação de polpa, agentes de despoeiramento e inibidores de corrosão.

Fórmula para fazer 10 kg de removedor decapante de cera com fosfato:

Água 6070 g
Metassilicato de sódio anidro 40 g
Cedephos FA-600 400 g
Hidróxido de sódio a 50% 160 g
Pirofosfato de Potássio (TKPP) a 60% 3330 g

Modo de fazer a formula do removedor decapante de cera com fosfato:

Adicionar a água em  um recipiente, sob agitação adicionar o Metassilicato de sódio anidro e misturar até dissolução.

Sob agitação adicionar o Cedephos FA-600 e misturar.Ainda com agitação adicionar o Hidróxido de sódio a 50% (soda caustica liquida a 50%), Pirofosfato de Potássio (TKPP) e misturar até homogeneização.

Aparência: liquido claro com pH em torno de 12,0 a 12,2.

Diluição: 28 a 112 gramas para cada 3800 ml (3,8 litros de água).