Todos os posts de Fórmula Grátis

Fórmula fazer gel fixador de cabelos Neon

Como fazer gel fixador de cabelos Neon
Que tal fazer um gel para fixar e modelar os cabelos, a formulação abaixo serve para fabricação industrial, assim como para fabricação artesanal em pequena quantidade.

Fórmula grátis para fabricar gel fixador para cabelos. Para verificar o efeito neon do gel, observar sob luz negra. O Fixate Super Hold é um agente fixador de cabelos com alta resistência à umidade, não forma falsa caspa, confere brilho aos cabelos.

O Longbrite Cosmetic é um branqueador óptico que confere efeito neon na luz negra.

Fórmula para fazer 10 kg de gel fixador de cabelos efeito Neon:

  • 9367 g de Água deionizada
  • 10 g de euxyl K 510
  • 100 g de Carbopol 99620
  • 200 g de Fixate Super Hold
  • 198 g de Hidróxido de Sódio (solução 18%)
  • 125 g de Longbrite Cosmetic (solução 0,5%)

Modo de fazer o gel fixador de cabelos efeito Neon:

Em um recipiente adicione a Água deionizada e o euxyl K 510 e misturar.

Dispersar o Carbopol 99620 sob agitação constante, manter a agitação até homogeneização (não haja grumos).

Sob agitação lenta, adicionar o Fixate Super Hold e homogeneizar com agitação lenta. Sob agitação lenta para não aerar (ficar com bolhas de ar), adicionar o Hidróxido de Sódio para neutralizar.

Sob agitação lenta, adicionar o Longbrite Cosmetic  e misturar cuidadosamente para homogeneização. Lembre-se que o Hidróxido de Sódio é uma solução a 18%, preparar a solução com antecedência antes de começar a manipular o gel.

O mesmo deve ser feito com o Longbrite Cosmetic, que deve ser uma solução a 0,5%. Verificar o pH do gel fixador de cabelos efeito Neon, o pH deve ficar entre 6,0 a 7,0. Para checar o pH utilize as fitas de medir pH ou o aparelho pHmetro.

Fórmula Sabão Liquido roupas delicadas Tecidos Finos

Sabão liquido indicado para a lavagem de tecidos finos (roupas delicadas).

A formulação é para fazer uma lavagem em tecido fino, produto altamente ativo que produz limpeza e espuma. A combinação de Amida 60 e o Cocoamidopropil beataina proporciona suavidade, reforço de espuma, espessamento e detergência ao surfactante base, na formulação o surfactante base é o Ácido sulfônico, um dos principais tensoativos aniônicos utilizados em formulas de produtos de limpeza, com alta capacidade de remoção de sujeiras e poder de detergência, é o produto químico mais utilizado no mundo para a fabricação de sabões líquidos e detergentes líquidos .

Este sabão liquido lava roupas foi especialmente desenvolvido para a lavagem de roupas finas e delicadas, promove limpeza e ótima formação de espuma. A Dietanolamida de ácido graxo de coco (Amida 60) age como sobreengordurante, espessante e estabilizadora da espuma, é um surfactante não-iônico que facilita o espessamento nas formulações onde é utilizada, principalmente em shampoos automotivos, sabão liquido para roupas e detergentes líquidos para lavar louças.

O Cocoamidopropil betaina é um tensoativo anfótero compatível com tensoativos aniônicos, não-iônicos e catiônicos. É utilizado como tensoativo secundário em diversos produtos cosméticos, produtos para cuidados pessoais, de higiene e limpeza. Apresenta excelente estabilidade em uma ampla faixa de pH ácido e alcalino, testes clínicos e dermatológicos comprovaram a não irritabilidade desse componente químico, sendo utilizado na fabricação de shampoos infantis e shampoos suaves para a higienização dos cabelos.

Na fórmula abaixo, o Cocoamidopropil betaina  age como surfactante secundário, promovendo formação de espuma, auxiliando o tensoativo principal na ação de limpeza, facilita também o acerto da viscosidade e promove suavidade à formulação do lava roupas.

A Trietanolamina é utilizada como alcalinizante do ácido sulfônico, resultando na formação de um sal orgânico mais solúvel na água do que a neutralização feita com a soda caustica (hidróxido de sódio). A adição da Trietanolamina permite a obtenção de detergentes líquidos e sabões líquidos fabricados com Ácido sulfônico com menor ponto de turvação e maior estabilidade, também se faz desnecessária a utilização de hidrótropos como a ureia. A adição desse componente químico evita a separação de fases e precipitação no fundo do frasco em dias frios, pois diminui o ponto de turvação e promove estabilidade ao domissanitario.

A Mistura de isotiazolinonas é um conservante de amplo espectro, age para evitar que o produto estrague, é utilizado em substituição ao Formol liquido que hoje esta proibido o seu uso como conservante / preservante em produtos de limpeza.

Fórmula para fazer o Sabão Liquido lava roupas para Tecidos Finos (Roupas Delicadas):

Água potável ou deionizada 8330 g
Trietanolamina 340 g
Ácido sulfônico 680 g
Amida 60 400 g
Cocoamidopropil betaína 200 g
Essência 30 g
Corante qs
Mistura de isotiazolinonas 20 g

Técnica para fazer o Sabão Liquido para Tecidos Finos (Roupas Delicadas):

Em um balde plástico adicione a Água potável, sob agitação moderada adicionar a Trietanolamina e misturar.

Depois ir adicionando o Ácido sulfônico e misturar até homogeneização.

Acrescentar em seguida a Amida 60, Cocoamidopropil betaina e misturar até homogeneização.

Adicionar a Essência e solução de Corante diluído em Água até obter a cor desejada.

Se for necessário, efetue a correção do pH para que fique entre 7,0 a 8,0.

Acrescentar a Mistura de isotiazolinonas e misturar até ficar homogêneo.

Caso queira aumentar a viscosidade, adicione solução de sal (cloreto de sódio) diluído em Água, sempre aos poucos e sob agitação. Não adicione muito sal para não “ralear” o produto.

Deixar em repouso até a espuma abaixar e depois envasar nos frascos plásticos.

Rotular e guardar em local arejado e seguro, fora do alcance de crianças e animais domésticos.

Como fazer After Shave loção pós barba

Fórmula para fazer loção para usar depois do barbear

Receita de After Shave com ativo de ação bacteriostática e bactericida.
Optivegetol Cinnamon é um ativo com ação anti-acne e antimicrobiano. Transcutol CG é um solubilizante utilizado para melhorar a eficiência das preparações cosméticas, também utilizado em formulações para a pele sujeita à acnes.

After Shave , loção pós-barba para ser aplicada no rosto após o barbear (fazer a barba). É uma loção cosmética para quem gosta de passar na pele do rosto apos cortar a barba.

Fórmula para fazer 10 quilos de After Shave:

Água deionizada 7320
Álcool Etílico 96°GL 2000 g
Propylene Glycol (and) Water (and) Cinnamomun Zeylanicum Bark Extract (Optivegetol Cinnamon) 500 g
Phenoxyethanol (and) Methylparaben (and) Ethylparaben (and) Propylparaben (and) Butylparaben (and) Isobutylparaben (Phenonip) 50 g
Essência 30 g
Ethoxydiglycol (Transcutol CG) 100 g
Trietanolamina q.s

Técnica de fabricação do After Shave:

Adicione em um recipiente a Água deionizada.

Sob agitação adicione o Álcool Etílico 96°GL, Propylene Glycol (and) Water (and) Cinnamomun Zeylanicum Bark Extract (Optivegetol Cinnamon), Phenoxyethanol (and) Methylparaben (and) Ethylparaben (and) Propylparaben (and) Butylparaben (and) Isobutylparaben (Phenonip), agite para homogeneizar.

Em outro recipiente adicione o Ethoxydiglycol (Transcutol CG) e a Essência, agite bem para solubilizar a Essência. Em seguida adicione ao produto sob agitação, agite para homogeneizar.

Verifique o pH, o pH deve ficar em 5,5. Caso seja necessário efetue a correção do pH do After Shave com a Trietanolamina, adicionando aos poucos e sob agitação até atingir o pH de 5,5.

Fórmula de gel para ultrassom – ultrassonografia

Como fabricar gel para ultrassonografia

É um gel para Ultrassom utilizado como meio de contato para transmissão ultrassônica, em aparelhos de ultrassonografia.

Para que serve, onde é utilizado o gel para ultrassom?

É utilizado para conduzir o ultrassom do transdutor para a pele, evitando que o ar fique entre o instrumento e a pele da pessoa na hora do exame e interfira na propagação das ondas sonoras.

O ultrassom é um exame de imagem realizado por um transdutor, o operador do equipamento encosta o transdutor na pele da pessoa, o aparelho de ultrassonografia então vai emitindo e captando ondas sonoras por meio do contato com a pele.

É necessário que não haja ar entre o transdutor do aparelho de ultrassonografia e a pele, a presença de ar afeta a qualidade das imagens. Para evitar a presença de ar o operador passa gel no aparelho de ultrassonografia (no transdutor) e na pele do paciente, nas regiões onde serão examinadas.

Fórmula para fazer 10 quilos de gel para ultrassom:

Polímero carboxivinilico (carbopol 940) 100 gramas
Glicerina 500 gramas
Trietanolamina q.s (até atingir pH 6,0)
Metilparabeno 15 gramas
Propilparabeno 5 gramas
Água deionizada 9380 gramas

Modo de fazer o gel para ultrassom:

Em recipiente adequado adicione a água e em seguida dispersar o carbopol sobre forte agitação, manter a agitação até que não apresente grumos.

Em seguida adicione em outro recipiente a glicerina, o metilparabeno e o propilparabeno, aqueça até dissolução dos pós e em seguida adicione sob agitação na mistura anterior.

A seguir acerte o pH com a trietanolamina, adicionando aos poucos sob agitação até obter pH 6,0. Agite bem para homogeneização do gel para ultrassom.

Realizar as analises físico-químicas e depois embalar em potes plásticos.

Como fazer LM Ativado

Fórmula para fazer LM Ativado

Produto de uso automotivo para a limpeza de carrocerias de caminhões feitas em alumínio. Também conhecido como Intercap, Metasil, Limpa Baú, etc.

O que é LM Ativado?

Desincrustante líquido ácido parecido com o limpa baú, é um produto de uso automotivo para ser utilizado em lavadores de postos de gasolina, indústrias, empresas de transportes, lava jatos, etc. O LM Ativado remove sujidades de terra e barro de chassis de caminhões, motores automotivos, carrocerias fabricadas em madeira ou carrocerias feitas de alumínio (baú de caminhões). Similar ao Intercap, Metasil, Limpa Baú, etc.

Para que serve o LM Ativado?

Este produto é utilizado na limpeza de peças em alumínio, baús feitos de alumínio, limpeza de equipamentos utilizados em obras, limpeza de sujeiras de graxa e óleos em peças, limpeza de sujeiras ocasionadas por óleos e gorduras, na higienização de paredes e superfícies laváveis de refeitórios e cozinhas, limpeza de sujeira de pisos de oficinas e pátios de manobras de veículos, na limpeza de chassis e motores automotivos de veículos leves e pesados.

Receita de LM Ativado, é um desengraxante ácido, é um produto perigoso, pois contém produtos corrosivos e ácidos fortes. Para manipular e aplicar o produto, utilize equipamentos de segurança, como óculos de proteção, mascaras, botas, etc.

Fórmula para fabricar o LM Ativado:

Ácido sulfônico 4,5 quilos
Ácido fluorídrico 4,5 quilos
Ácido muriático / Ácido clorídrico 3 quilos
Corante q.s
Água potável até completar 100 litros

Técnica de manipulação do LM Ativado:

Em um tanque agitador adicione 60 litros de Água potável, sob agitação lenta adicione o Ácido sulfônico, agite até homogeneização.

Sob agitação adicione lentamente o Ácido fluorídrico e depois o Ácido muriático / Ácido clorídrico, tomando muito cuidado, pois os ácidos são perigosos.

Adicione o Corante e agite para homogeneizar.

Complete o volume com Água potável até atingir os 100 litros de produto fabricado.

Agite para homogeneização completa do LM Ativado.

Fórmula Desinfetante de pinho transparente efeito viragem – Fica branco na água

Esta fórmula de desinfetante possui um diferencial se comparada a outras formulações desinfetantes, quando é misturado com água a solução fica esbranquiçada. Isso deixa o desinfetante com aspecto sofisticado e pode chamar a atenção do consumidor. Fórmula de desinfetante domestico com efeito blooming (efeito esbranquiçado quando adicionado à água) quando o desinfetante é misturado em água.

Possui em sua formulação um ativo bactericida, é um quaternário de amônio que mata os germes e microorganismos presentes na superfícies onde o produto é aplicado. Limpa, desinfeta e perfuma o ambiente.

Este item de limpeza domestica é um dos produtos de limpeza que mais vendem, tornando esse produto um dos principais na lista de produtos de limpeza fabricados. A fórmula grátis abaixo serve para a fabricação para consumo próprio e para a fabricação em escala industrial.

Formulação gratuita, sendo recomendado para a limpeza e higienização de banheiros, pisos, azulejos e outras superfícies.

Está formulação possui componentes que deixam o desinfetante com um aspecto de líquido transparente, porém ao ser diluído na água a solução torna-se esbranquiçada, efeito blooming que é utilizado como apelo sinalizador do desinfetante.

O produto contém composto quaternário de amônio com ampla ação bactericida, o que mata os germes presentes em pisos, vasos sanitários, azulejos, etc.

Fórmula para fazer 100 litros de Desinfetante Transparente Tipo Pinho Efeito Viragem:

Óleo de Pinho 2,5% (2,5 Kg)
Óleo de mamona etoxilado (Ultramona R 540) 3% (3 Kg)
Álcool Etilico 96° 4% (4 Kg)
Cloreto de Cetil Dimetil Benzil Amônio (50%) 2,5% (2,5 Kg)
Essência 0,2% (200 g)
Corante qs
Água 87,8 litros

Modo de fazer a fórmula do Desinfetante Transparente Tipo Pinho Efeito Viragem:

Em um recipiente adequado fundir o Ultramona R 540 a aproximadamente 60°C.

Em outro recipiente adicione o Ultramona R 540 que foi fundido (aquecido), o óleo de pinho e o cloreto de cetil dimetil benzil amônio sob agitação, agite até obter a transparência da mistura. Adicione a seguir o álcool etilico sob agitação.

A seguir adicione lentamente (para não formar espuma) a água, o corante previamente diluído e a essência, agite bem para completa homogeneização do Desinfetante Transparente Tipo Pinho.

Como fazer Alisante para alisar cabelos em Gel

Alisante para cabelos em Gel – Produto de uso cosmético utilizado para alisar cabelos.

Embora muitas mulheres gostam de seus cabelos no estado natural, crespos ou encaracolados, muitas pessoas do sexo feminino optam por alisar os seus fios capilares. Muitas optam por esse procedimento por fazer parte da moda no momento as pessoas terem fios lisos, enquanto outras mulheres buscam o alisamento pelo fato do cabelo liso ser mais fácil na hora de fazer o penteado.

Este produto cosmético descrito na formulação abaixo não utiliza substancias químicas proibidas, os compostos químicos presentes na fórmula para alisar os fios capilares descrita abaixo são aprovados pela Anvisa, portanto o produto é seguro. Sempre que for utilizar alisantes capilares, verifique se a composição não contém substancias proibidas, entre as substancias esta o Formol, um produto químico muito perigoso que algumas composições cosméticas insistem em ter. Cosméticos para alisar cabelos contendo Formol não são aprovados pela Anvisa, portanto são cosméticos irregulares, sem o registro e aprovação para a venda.

Portanto, sempre que for utilizar produtos cosméticos para alisamento, assim como escovas progressivas, certifique-se que tais cosméticos não contenham Formol em sua fórmula química. Ao ir no cabeleireiro, verifique-se os cosméticos capilares utilizados em seus cabelos estão livres de Formol. Formol é um produto químico toxico e não vale a pena arriscar a sua saúde com essa substancia perigosa. Formol também é muito irritante para os olhos e pode causar problemas irreversíveis na sua visão.

Alisante Capilar em Gel  com Tioglicolato de  Amônio.
O Poliquatérnio-7  permite um  efeito  sensorial agradável  durante  a  aplicação do produto, facilitando  o  pentear dos cabelos a úmido e a seco.
Ele penetra  no  cabelo, agindo como reparador e forma um filme flexível sobre os fios de cabelo.

O gel para alisar cabelos é um produto para uso profissional, deve ser aplicado por pessoa que possua conhecimentos sobre a utilização de alisantes de cabelos.

Fórmula para fazer 100 quilos de Alisante Capilar em Gel com Tioglicolato de  Amônio:

Água deionizada 72,2 quilos
Acrylates/Beheneth-25 Methacrylate Copolymer (Tinovis GTC) 5,5 quilos
Polyquaternium – 7 (Salcare Super 7) 1 quilo
Ácido Tioglicólico (99%) 5,8 quilos
Propilenoglicol 3 quilos
Hidrossulfito de sódio 300 gramas
Hidróxido de Amônia (25%) 8,8 quilos
Monoleato de Sorbitan Etoxilado (Tween 80) 3 quilos
Essência 400 gramas
Corante qs

Modo de preparar o Alisante Capilar em Gel com Tioglicolato de  Amônio:

Em um tanque agitador adicione a Água deionizada, sob agitação adicione o Acrylates/Beheneth-25 Methacrylate Copolymer (Tinovis GTC) , Polyquaternium – 7 (Salcare Super 7) e agite constantemente por 5 minutos.

Em um recipiente adicione o Ácido Tioglicólico (99%), Propilenoglicol, Hidrossulfito de sódio, misture e coloque o recipiente em banho com água fria. Em seguida adicionar o Hidróxido de Amônia (25%), lentamente e sob agitação. Ao adicionar o Hidróxido de Amônia (25%) vai ocorrer uma reação, aumentando a temperatura.

Em seguida adicione a mistura preparada no recipiente na mistura anterior, sob agitação constante por 5 minutos.

Em um recipiente adicione o Monoleato de Sorbitan Etoxilado (Tween 80) e a Essência, misture para solubilização da fragrância, depois adicione ao produto sob agitação.

Sob agitação adicione a solução de Corante e agite até completa homogeneização do Alisante para cabelos em Gel.

O pH do alisante deve ficar entre 9,30 a 9,50.

Fórmula para fazer sabão pastoso opaco

Fórmula para fabricar sabão pastoso opaco (não fica transparente)
Embora os consumidores tenham optado por produtos de limpeza diferentes, deixando de usar os sabões em pedra e pastosos como usavam a alguns anos atras, ainda assim os produtos em barras ou na forma pastosa são utilizados pelas donas de casa.

Isso acontece devido ao fato de muitas donas de casa considerarem que produtos em barras ou pastosos promovem mais espuma, retiram melhor a oleosidade causada por alimentos gordurosos e são mais econômicos se comparados com detergentes e sabões líquidos.

Outro fato que ainda favorece o uso de produtos de limpeza em barra e na forma pastosa é que nas áreas rurais sempre sobram restos de gorduras animais, favorecendo assim a obtenção do sebo para a utilização na fabricação de sabões caseiros.

Para muitas donas de casa, tanto da zona rural como nas cidades, esses produtos de limpeza ainda fazem parte da limpeza domestica, quer seja na higienização de talheres, copos, panelas e pratos ou na lavagem de roupas de forma manual sem o uso da maquina de lavar roupas.

Embora o consumo seja menor se comparado a décadas passadas, esses saneantes domissanitários ainda permitem a obtenção de renda para quem os fabrica, e permitem economia de dinheiro na renda familiar para quem produz para consumo próprio, quer seja em sítios ou fazendas, quer seja por moradores do perímetro urbano.

Portanto, esses produtos de limpeza sólidos em barras e na forma pastosa ainda podem gerar ganhos em sua fabricação e comercialização.

A fórmula descrita abaixo contém em sua composição um ativo espumante, a sua adição na formulação permite que o produto promova uma maior formação de espuma e ação de detergência.

A adição de Carbonato de sódio (Barrilha) também aumenta seu poder de limpeza, pois age como um auxiliar de limpeza na formulação.

Fórmula para fazer o sabão pastoso opaco:

Sebo 29,8 quilos
Óleo de coco 4 quilos
Óleo de soja 6 quilos
Hidróxido de potássio a 40% 20,1 quilos
Água deionizada 36,1 quilos
EDTA tetrasódico a 99% 200 gramas
Hipossulfito de sódio 200 gramas
Lauril éter sulfato de sódio a 27% 2 quilos
Carbonato de sódio (Barrilha) 1 quilo
Silicato de sódio alcalino a 54% 400 gramas
Formaldeído (Formol 37%) 200 gramas
Corante para sabão q.s
Essência para sabão q.s

Modo de fazer o sabão pastoso opaco:
Em um recipiente aqueça o Sebo, Óleo de coco, Óleo de soja até 80°C.
Sob agitação constante adicione o Hidróxido de potássio a 40%.
Sob agitação constante adicione a Água deionizada, EDTA tetrasódico a 99%, Hipossulfito de sódio e Lauril éter sulfato de sódio a 27%.
Resfriar a massa do sabão para 60°C, em seguida adicione sob agitação o Carbonato de sódio (Barrilha) e o Silicato de sódio alcalino a 54%.
Quando a massa do sabão atingir a temperatura de 40°C, adicione sob agitação o Formaldeído (Formol 37%), Corante e a Essência.
Aspecto: Sólido pastoso e opaco
Teor de Glicerina no sabão: 4,4%
Para que não ocorra erros na preparação do sabão pastoso é necessário que sejam feitos os índices de saponificação.
Índice de saponificação do sebo: 196
Índice de saponificação  do óleo de coco: 247
Índice de saponificação do óleo de soja: 189
Para índices diferentes, as porcentagens na formulação terão que ser ajustadas.